sábado, 29 de outubro de 2011

VAMOS DIRETO AO ASSUNTO

ORÇAMENTO 2012

de Sindiguardas Paraná sindiguardasparana@gmail.com
para comissao.economia@cmc.pr.gov.br

data 28 de outubro de 2011 22:09
assunto ORÇAMENTO 2012
Temos que aumentar o orçamento da SMDS 61 Milhões é uma vergonha,é só passar mais 100 Milhões dos 330 Milhões que está previsto para a PAVIMENTAÇÃO para a SMDS.
Segurança Pública deve ser PRIORIDADE ela influencia em todas as áreas,não esqueçam que a Policia do Município é a
GUARDA MUNICIPAL,que está sucateada.
GM Peruchi
Presidente
SINDIGUARDAS-PARANÁ.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

EVOLUÇÃO

Enquanto nós paramos de evoluir,
as demais GM's não.
Algumas corporações já estão usando essa arma.
video

sábado, 22 de outubro de 2011

PELEGO,FG E GERENCIA

PELEGO,FG E GERENCIA.
Tomem cuidado o novo sindicato dos Servidores da Guardas Municipais de Curitiba (SIGMUC) foi criado pela chefia para nos controlar, a administração viu nossa força, prova disso é que dos 84 votos a favor da criação do sindicato mais de 52 eram de FG’s e Cargos Comissionados um deles era o ex. Diretor da GMC, o que nós expulsamos na nossa greve, o Presidente eleito já está trabalhando para sua candidatura a Deputado Estadual, usando os Guardas Municipais, mesmo antes de mostrar trabalho, agora descobrimos que ele ganha FG4 e seu Vice Gerencia.
MUITO CUIDADO NESTA HORA COMPANHEIROS!
Se a vontade de ajudar fosse verdadeira fariam parte do único e verdadeiro sindicato que nos representa, o SINDIGUARDAS-PARANÁ que é nosso e não pode ser manipulado.
PRESIDENTE-SINDIGUARDAS-PARANÁ

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

SEMPRE NA LUTA DE GUARDAS MUNICIPAIS


REUNIÃO DA COMISSÃO,DE GM'S
DE NEGOCIAÇÃO COM A PREFEITURA.
SEDE DO SISMUC.

domingo, 16 de outubro de 2011

domingo, 9 de outubro de 2011

SEMPRE JUNTO EM FAVOR DOS GUARDAS MUNICIPAIS


06/10/2011 - 13h04
Avança debate sobre pauta dos guardas

Comissão de negociação dos guardas municipais
PPQ, antecipação dos R$ 1,3 mil e dissídio coletivo serão debatidos em mesa permanente com a direção do Sismuc. Além disso, duas minutas sobre a descrição do cargo e a escala de trabalho serão avaliadas pela direção do sindicato e pela categoria para debater os temas com a administração municipal. A discussão sobre as minutas já foram agendadas.

A próxima discussão sobre a minuta da escala de trabalho ocorre em 18/10. Durante a reunião, o guarda Cláudio Augusto de Oliveira observou que a categoria tem dúvidas sobre a escala 12x36 e jornadas extraordinárias: “O guarda trabalha no domingo e não sabe se a jornada é extraordinária ou não e como isso será computado no fim do mês”, aponta Cláudio. A direção da guarda reconheceu o problema e disse que a jornada de 24 horas é extraordinária. O diretor da Guarda,Odgar Nunes Machado, também reconheceu que esse modelo ocasiona jornadas em que guardas trabalham sozinhos, mas se comprometeu a corrigir as falhas. “Queremos a ativação de todas as viaturas e atender permanentemente todos os parques (sem comprometer o guarda)”, completouOdgar.

Já a discussão sobre o descritivo de função com a comissão de negociação deve ocorrer em 22 de novembro. No último dia 6, representantes do RH entregaram a minuta com as propostas. O sindicato tem 30 dias para avaliar o texto, propor, alterar ou subtrair pontos. Até o dia 7 de novembro o Sismuc deve enviar ofício com as sugestões para a reunião do fim do mês.

Mobilização proporcionou avanços
A discussão das minutas e a mesa permanente são resultado da mobilização dos guardas. Em 15 de setembro, assembleia da categoria definiu a comissão de negociação com o objetivo de rever o aumento salarial, antecipação dos R$ 1,3 mil e demais pautas.

Autor: Manoel Ramires